Todo e qualquer conteúdo desta página pertece ao autor desse blog, não é permitido o seu uso sem a sua devida autorização. Agradeço a sua visita e peço encarecidamente que deixem as suas opiniões nas postagens, sendo assim a melhor forma de retribuição.

 

Um pouco de mim, bem pouco.

17 janeiro 2013

Eu fiquei um bom tempo sem escrever, talvez seja praga da concorrência (se eu tivesse, claro), mas resolvi voltar com meus queridos "BLÁBLÁBLÁ'S" que tanto me forra o estômago de tesão ao digitar cada palavrinha que pra muitos, pouco sentido faz. Vim falar um pouco de mim (Que chato, pensei que fosse algo mais interessante), mas você tem a opção de não ler, acredite, é o melhor que você faz, não me indico pra leitor nenhum, mas eu gosto que eles me indiquem! (RÁ) E como eu sei que tem doido pra tudo, continuo assim escrevendo minhas loucuras. Podem me chamar de cara pirado,maluco, doido, abestado, já ouvi nomes mil vezes piores para resumir minhas "atitudes", o meu jeito "sem jeito" de agir perante a vida. Escrevo por que eu sou um tagarela e a comunicação pra mim é um dom que deve ser usado e abusado, meu "BLÁBLÁBLÁ" me ajuda a eu descrever meu mundo e assim o mundo tratar de com o que eu escrevo tentar me descrever. Ainda não conseguiram me definir em poucas palavras, pensei em uma porção depalavras que poderiam dizer um pouco de mim, mas nenhuma definirão com clareza o quão complexo sou. Tenho nenhum dom especial, nenhuma riqueza guardada que qualquer homem não tenha em casa, não tenho nenhum desejo que alguém já não possa ter, não tenho na minha lista de pecado, nada que o homem já não cometera  antes, não sou tão inusitado quanto pensam que sou, não tenho uma vida tão diferente das outras vidas que conheço, todas elas pra mim parecem iguais, nascem, crescem, vivem e morrem. Bebo da mesma água que todos, e como da mesma comida que todos, não existe diferenças tão grandes, nem algo tão similar. A questão é que eu sempre faço sem querer esse ar de suspense nas coisas que escrevo sem muitas vezes ter de fato um suspense em questão, e acabo confundindo muita gente que não consegue entender o por que ela ainda está lendo esse pequeno texto, afinal, o que te fez chegar até aqui?

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails